Ir para o conteúdo
ir para o conteúdo
 • 

Tsunami no Japão: um ano após a tragédia

País ainda luta para reconstruir parte da região nordeste, destruída por onda pós-terremoto

Casal caminha na cidade de Onagawa, na província de Miyagi, atingida pelo tsunamiYumiuri Shimbun/AP

Tsunami no Japão 2011

TÓQUIO - Às 14h46 (2h46 em Brasília) do dia 11 de março de 2011, uma sexta-feira, o Japão começava a viver uma das maiores tragédias de sua história. Neste exato momento, a costa nordeste japonesa sentiu o terremoto de magnitude 9 ocorrido na região. O sismo foi o quinto mais forte já registrado na história e o pior já ocorrido na nação asiática.

Veja também:
 especialESPECIAL: Imagens do tsunami e depois
video VÍDEOS:
A tragédia japonesa em vídeos

O tremor ainda causou um tsunami que varreu a costa japonesa e destruiu milhares de casas - além de ter danificado reatores da usina nuclear de Fukushima, dando início à segunda pior catástrofe nuclear da história mundial. A tríplice tragédia deixou 15.853 pessoas mortas e 3.283 desaparecidas, totalizando 19.136 vítimas - maior perda de vidas em um desastre desde a Segunda Guerra Mundial no Japão.

O governo japonês deu início aos trabalhos de reconstrução logo após o terremoto e o tsunami. Embora a reconstrução tenha sido rápida, ainda há muito o que fazer. Mesmo que boa parte das estruturas danificadas ou destruídas já tenham sido restauradas, milhões de toneladas de entulho levadas pelas ondas ainda residem a quilômetros da costa. O país também discute a viabilidade de suas usinas nucleares, com receios de que novos fenômenos causem grandes problemas como ocorreu em Fukushima.

Siga o Estadão

Depoimentos
Brasileiros relatam a experiência de quando o terremoto atingiu o país
Brasileiros relatam a experiência de quando o terremoto atingiu o país

Um ano depois, país relembra tragédia que matou quase 16 mil pessoas

Economia&Negócios
Antes e depois
Veja imagens de Fukushima destruída e da reconstrução recente
Veja imagens de Fukushima destruída e da reconstrução recente

Duas paisagens em uma mesma foto - arraste a barra e compare o cenário

Aniversário
Olhar sobre o Mundo
Cidade de Natori, tomada pelas águas após o terremoto - Kyodo/Reuters
Foto: Kyodo/Reuters
Veja imagens dos estragos causados pelo terremoto e pelo tsunami | Mais Fotos

Cidade de Natori, tomada pelas águas após o terremoto

Feridos são atendidos em Sendai, nordeste do Japão - Kyodo/Reuters
Foto: Kyodo/Reuters
Veja imagens dos estragos causados pelo terremoto e pelo tsunami | Mais Fotos

Feridos são atendidos em Sendai, nordeste do Japão

Destruição na cidade de Fukushima, uma das mais castigadas - Kyodo News/AP
Foto: Kyodo News/AP
Veja imagens dos estragos causados pelo terremoto e pelo tsunami | Mais Fotos

Destruição na cidade de Fukushima, uma das mais castigadas

Japão
Primeiro-ministro (desde)

Yoshihiko Noda (2011)

Capital (pop.)

Tóquio (8,84 milhões)

Etnias (2007)

Japoneses 99%, coreanos 1%

Religião

Budismo 56,1%, novas religiões 25,9%, outras 18%

Governo

Monarquia parlamentarista

Idioma oficial

Japonês

Constituição

1947

População (ranking)

127.368.088 (10º)

Área (ranking)

377.915 km² (62º)

PIB (ranking)

US$ 4.389 tri (5º)

Taxa de desemprego
(2011)

4,8% (44º)

IDH

0.901 (12º)

Despesas com defesa

0,8% do PIB (149º)

Taxa de inflação

-1% (2009)

Fonte:Almanaque Abril 2012, Cia World Factbook, Economist, Transparency International, United Nations Development Programme
Infográfico
Entenda o terremoto do Japão
Entenda o terremoto do Japão

Saiba mais sobre a intensidade, placas tectônicas e tipos de tremores

Grafite brasileiro
'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki - Titi Freak/Divulgação
Foto: Titi Freak/Divulgação
Artista revitaliza comunidade destruída por tsunami | Mais Fotos

'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki

'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki - Titi Freak/Divulgação
Foto: Titi Freak/Divulgação
Artista revitaliza comunidade destruída por tsunami | Mais Fotos

'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki

'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki - Titi Freak/Divulgação
Foto: Titi Freak/Divulgação
Artista revitaliza comunidade destruída por tsunami | Mais Fotos

'Titi Freak' pintou as paredes de 15 blocos residenciais em Ishinomaki

Um ano depois
Resgate de animais
Cachorros retirados da área de Fukushima - Issei Kato/Reuters
Foto: Issei Kato/Reuters
United Kennel Club do Japão foi buscar animais abandonados | Mais Fotos

Cachorros retirados da área de Fukushima

Gato retirado da área de Fukushima - Issei Kato/Reuters
Foto: Issei Kato/Reuters
United Kennel Club do Japão foi buscar animais abandonados | Mais Fotos

Gato retirado da área de Fukushima

Cachorro retirado da área de Fukushima - Issei Kato/Reuters
Foto: Issei Kato/Reuters
United Kennel Club do Japão foi buscar animais abandonados | Mais Fotos

Cachorro retirado da área de Fukushima

Especial
A crise nuclear japonesa
A crise nuclear japonesa

Entenda os problemas no complexo de Fukushima e os perigos da radiação

TV Estadão
Ameaça nuclear em Fukushima, no Japão | Mais vídeos

Explosão em usina preocupam especialistas e ameaça a população local

Técnicos controlam fogo em reator e nível de radiação cai em Fukushima | Mais vídeos

140 mil japoneses foram orientados a não deixarem suas casas

Mais notícias sobre tsunami no Japão

Notícias e reportagens