1. Usuário
Assine o Estadão
assine

SUPREMO

29 DE Maio DE 2014
17 DE Abril DE 2014
06 DE Janeiro DE 2014
22 DE Dezembro DE 2013
20 DE Dezembro DE 2013

supremo
Lei da Anistia acaba de retornar à agenda do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa Joaquim Barbosa Ricardo Lewandowski Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012 Presidente do Supremo Tribunal Federal deve se afastar no final de junho Presidente do Supremo Tribunal Federal deve se afastar no final de junho
Lei da Anistia acaba de retornar à agenda do Supremo Tribunal Federal (STF)
Lei da Anistia acaba de retornar à agenda do Supremo Tribunal Federal (STF)
Joaquim Barbosa
Ministro Joaquim Barbosa preside sua última sessão
Joaquim Barbosa
Barbosa, de saída da Corte, vive clime de isolamento no Supremo
Ricardo Lewandowski
Lewandowski preside sessão do Supremo
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"Nosso sistema penal é muito frouxo. É um sistema totalmente pró-réu, pró-criminalidade" - Em março de 2013, o presidente do STF afirmou que as penas dos condenados no julgamento do mensalão deveriam começar a ser cumpridas até julho daquele ano. Na ocasião, afirmou que os condenados passariam menos de dois anos na prisão.
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"A debilidade mais grave do Congresso brasileiro é que ele é inteiramente dominado pelo Poder Executivo" - Declaração foi dada em maio de 2013, em Brasília, durante palestra para universitários. André Vargas (PT-PR), vice-presidente da Câmara, criticou o ministro e falou que ele não estava à altura de presidir a Suprema Corte.
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"Há muitos (juízes) para colocar para fora. Esse conluio entre juízes e advogados é o que há de mais pernicioso. Nós sabemos que há decisões graciosas, condescendentes, absolutamente fora das regras" - Joaquim Barbosa afirmou, em março de 2013, que muitos juízes deveriam perder seus cargos. O comentário foi feito durante julgamento que determinou a aposentadoria compulsória de um juiz do Piauí, que foi acusado de beneficiar advogados.
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"A mentalidade dos juízes brasileiros é mais conservadora, pró status quo, pró impunidade" - A declaração de Barbosa foi dada a correspondentes estrangeiros em março de 2013. Ele também falou que a mentalidade dos membros do Ministério Público é "contra status quo".
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"Mas a maioria dos advogados não acorda lá pelas 11 horas da manhã mesmo?" - Barbosa, quando ironizou em 2013 a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo de atender os advogados somente a partir das 11h.
Relembre momentos do ministro que virou presidente da Corte em 2012
"Comprei com o meu dinheiro, tirei da minha conta bancária, enviei pelos meios legais. Não tenho contas a prestar a esses politiqueiros" - Em agosto de 2013, Joaquim Barbosa falou que não devia explicações a ninguém sobre a compra de um imóvel em Miami. "Sou um homem correto", afirmou.
Presidente do Supremo Tribunal Federal deve se afastar no final de junho
"Nós queremos fazer nosso trabalho, e não chicana" - Em um bate-boca entre Barbosa e Lewandoski, no dia 15 de agosto, o presidente da Suprema Corte acusou o ministro de tentar adiar o julgamento do mensalão.
Presidente do Supremo Tribunal Federal deve se afastar no final de junho
"Lamento muito que estejamos diante desse impasse constitucional absurdo" - Barbosa queixou-se após a Câmara dos Deputados rejeitar a proposta de cassação do mandato do deputado Natan Donadon, condenado a mais de 13 anos de prisão depois de ser acusado de desviar mais de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia.
+ fotos sobre Supremo »