1. Usuário
Assine o Estadão
assine

SÉRGIO GUERRA

No RJ, Operários do PAC cantam em favor de Dilma

Trabalhadores manifestam apoio empunhando bandeira da candidata petista. Imagens: Gabriela Moreira / O Estado de S. Paulo (RJ)

07 DE Março DE 2014
06 DE Março DE 2014

sergio guerra
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão FHC, Aécio e Guera saem de almoço em que discutiram estratégia para a eleição
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
"Foi com pesar que tomei conhecimento da morte do deputado federal Sérgio Guerra. Aos amigos e familiares, solidarizo-me neste momento de dor", declarou Dilma Rousseff. Adversário de Sérgio Guerra em Pernambuco, o senador Humberto Costa o classificou como "um grande articulador da oposição" no Congresso Nacional. "Sempre mantive com Sérgio Guerra uma relação de cordialidade e respeito", afirmou o senador por Pernambuco.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
Políticos tucanos relembraram o espírito "articulador" ao comentar a morte do deputado federal e ex-presidente do PDSDB Sérgio Guerra. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, descreveu o colega de partido como um homem com espírito público, extremamente dedicado, sério e generoso. "Vai fazer muita falta", afirmou. O governador do Paraná Beto Richa, a ex-governadora do Rio Grande do Sul Yeda Crusius e o líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA) também prestaram homenagens a Guerra.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), por meio de nota, afirmou que perde um "aliado de todas as horas" com a morte do ex-presidente do PSDB e deputado federal Sérgio Guerra (PE). "Convivo com ele há mais de 30 anos, desde muito jovem, quando comecei a trabalhar com doutor [Miguel] Arraes, que tinha nele um amigo", afirmou Campos. Também de Recife, Sérgio Guerra foi secretário de governo do Pernambuco durante a gestão de Miguel Arraes, avô de Eduardo Campos.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
A carreira política de Sérgio Guerra começou no PMDB. Depois, filiou-se ao PDT, ao PSB e, em 1999, migrou para o PSDB. Foi dirigente do movimento estudantil pernambucano e, entre 2003 e 2011, ocupou uma vaga no Senado. Ainda pelo PSB, foi secretário de Indústria, Comércio e Turismo do Estado de Pernambuco, durante o governo de Miguel Arraes.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
Desde o ano passado, Sérgio Guerra exercia também o cargo de presidente do Instituto Teotônio Vilela, ligado ao partido. Natural de Recife, Sérgio Guerra era economista e estava em seu quarto mandato na Câmara.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
A morte do parlamentar foi informada pelo partido, por meio de seu perfil no Twitter, por volta das 10 horas. De acordo com a assessoria de imprensa da legenda, o velório e o enterro serão realizados em Recife. A data e o horário ainda não foram informados. Em nota, o PSDB informou que o parlamentar estava internado havia 15 dias e uma pneumonia agravou seu estado de saúde. Acima, Guerra apareceu com o senador Aécio Neves e o presidente do PPS, Roberto Freire.
Deputado federal e ex-presidente do PSDB estava internado em SP para tratar câncer no pulmão
O deputado federal Sérgio Guerra (PSDB-SP) morreu na manhã de quinta-feira, 6, aos 66 anos. O ex-presidente nacional da legenda estava internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, onde tratava de um câncer de pulmão.
FHC, Aécio e Guera saem de almoço em que discutiram estratégia para a eleição
Ex Presidente Fernando Henrique Cardoso , governador de Minas Aécio Neves e o Senador Sérgio Guera na saída do prédio de FHC após almoço para tratar da campanha presidencial
+ fotos sobre Sérgio Guerra »