1. Usuário
Assine o Estadão
assine

SANTIAGO ANDRADE

'Fomos nós que ensinamos o povo a protestar', diz novo líder do PT na Câmara

O deputado Vicentinho (PT-SP) defende manifestações e se diz contrário à criminalização dos protestos. "Como diz aquele grupo musical, a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte", diz

05 DE Maio DE 2014
20 DE Março DE 2014
13 DE Fevereiro DE 2014

santiago andrade
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Muito emocionada, a jornalista da Band Camila Grecco ressaltou que Andrade se preocupava muito com a segurança. "Ele sempre se preocupava com a equipe. Se soubesse que estava em uma situação de muito risco (naquele momento), jamais estaria ali", afirmou antes de desabar em lágrimas.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Arlita não quis comentar nada relacionado à investigação e ao posicionamento das autoridades, mas falou brevemente sobre Fábio Raposo e Caio de Souza, presos em Bangu. "Tenho pena desses dois rapazes". "Queria pedir a todo mundo, por favor, sejam mais amigos, mais tranquilos e tenham amor um pelo outro".
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Ele se apaixonou pelo jornalismo quando a filha mais velha dela se formou. No começo da carreira, Arlita, que é diretora de creche, ajudou o marido em diversos trabalhos.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
A mulher do cinegrafista conversou um pouco com jornalistas durante o velório do marido. Dezoito anos mais velha, eles se conheceram quando o filho mais novo dela tinha um ano.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
A filha de Andrade pediu que os amigos vestissem a camisa do Flamengo como uma última homenagem ao pai. Colegas da Band vestiam uma camisa que estampava um desenho na frente: no céu, com a roupa que vestia no dia em que foi atingido pelo rojão (calça jeans e camisa vermelha), Andrade diz "Uau, que ângulo!". Nas costas, a frase "Poderia ter sido qualquer um de nós".
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Acompanhada de parentes, ela vestia uma camisa do Flamengo, time para o qual o marido torcia, com os dizeres "Santiago, sempre te amaremos". Pouco antes, por volta das 8h, os pais do cinegrafistas chegaram também acompanhados de parentes.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Por volta das 8h30 a esposa do cinegrafista Santiago Andrade, Arlita Andrade, chegou ao cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária do Rio. Ela passou mal, mas foi rapidamente socorrida por parentes e já se restabeleceu. "Eu falava: "Poxa, amor, faz uma coisa mais leve". E ele dizia: "eu gosto de tiro, porrada e bomba". O sonho dele era ser repórter cinematográfico", disse Arlete.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
O velório ficou aberto ao público até as 11h, quando a capela foi fechada para uma despedida particular da família. Ao meio dia, Andrade foi cremado.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
A filha do cinegrafista Santiago Andrade, a jornalista Vanessa Andrade, de 29 anos, chegou ao velório do cinegrafista Santiago Andrade, seu pai, vestida com uma camisa do Flamengo, time para o qual ele torcia. Vanessa recebeu o cumprimento e o abraço de amigos, mas não falou com a imprensa. Andrade foi morto por um rojão durante um protesto no Rio de Janeiro.
Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio
Ainda segundo a nota, "o desvairado que soltou a bomba assassina é um exemplar conhecido de baderneiro, como tantos que vêm espalhando o terror, infiltrados entre manifestantes. A força de reação que encontram não tem sido suficiente para intimidá-los. Pelo contrário, estão cada vez mais ousados e seguros nas suas ações violentas". A Band esclarece que vai acompanhar e exigir investigações e a condenação "desse assassino e de seu grupo".
Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio
Em nota oficial, o Grupo Bandeirantes diz que "a tragédia que envolve a morte do cinegrafista Santiago Andrade - e que nos deixa arrasados diante da perda de um companheiro querido - é mais uma evidência de que a desordem está imperando nas ruas de nossas cidades".
Colegas de profissão homenageiam Santiago Andrade em protesto no Rio
Depois, o grupo seguiu pelas avenidas Presidente Vargas e Rio Branco em direção à Federação das Empresas de Transporte do Estado do Rio (Fetranspor), na Rua da Assembleia. Policiais do Batalhão de Choque acompanham a manifestação.
+ fotos sobre Santiago Andrade »