1. Usuário
Assine o Estadão
assine

ROJÃO

20 DE Fevereiro DE 2014
13 DE Fevereiro DE 2014
12 DE Fevereiro DE 2014
11 DE Fevereiro DE 2014
10 DE Fevereiro DE 2014

rojao
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
A filha de Andrade pediu que os amigos vestissem a camisa do Flamengo como uma última homenagem ao pai. Colegas da Band vestiam uma camisa que estampava um desenho na frente: no céu, com a roupa que vestia no dia em que foi atingido pelo rojão (calça jeans e camisa vermelha), Andrade diz "Uau, que ângulo!". Nas costas, a frase "Poderia ter sido qualquer um de nós".
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Por volta das 8h30 a esposa do cinegrafista Santiago Andrade, Arlita Andrade, chegou ao cemitério Memorial do Carmo, no Caju, zona portuária do Rio. Ela passou mal, mas foi rapidamente socorrida por parentes e já se restabeleceu. "Eu falava: "Poxa, amor, faz uma coisa mais leve". E ele dizia: "eu gosto de tiro, porrada e bomba". O sonho dele era ser repórter cinematográfico", disse Arlete.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
Acompanhada de parentes, ela vestia uma camisa do Flamengo, time para o qual o marido torcia, com os dizeres "Santiago, sempre te amaremos". Pouco antes, por volta das 8h, os pais do cinegrafistas chegaram também acompanhados de parentes.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
A filha do cinegrafista Santiago Andrade, a jornalista Vanessa Andrade, de 29 anos, chegou ao velório do cinegrafista Santiago Andrade, seu pai, vestida com uma camisa do Flamengo, time para o qual ele torcia. Vanessa recebeu o cumprimento e o abraço de amigos, mas não falou com a imprensa. Andrade foi morto por um rojão durante um protesto no Rio de Janeiro.
Familiares e colegas se despedem de Santiago Andrade, morto por um rojão em protesto no Rio
O velório ficou aberto ao público até as 11h, quando a capela foi fechada para uma despedida particular da família. Ao meio dia, Andrade foi cremado.
+ fotos sobre rojão »