1. Usuário
Assine o Estadão
assine

RESTAURANTES

15 receitas em 15 segundos

Durante 15 dias, a equipe do Paladar visitou a cozinha de 15 chefs diferentes e cada um deles fez uma receita em 15 segundos. Veja aqui os 15 vídeos reunidos

27 DE Fevereiro DE 2014
03 DE Outubro DE 2013
21 DE Agosto DE 2013
04 DE Abril DE 2013
28 DE Fevereiro DE 2013

restaurantes
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Com a sanção da lei que libera a venda de comida na rua em São Paulo, a tendência é que a oferta seja ampliada. Alguns restaurantes já anunciaram projetos de lançar food trucks. Henrique Fogaça e Checho Gonzales (da pioneira feira O Mercado), além dos chefs Raphael Despirite, do Marcel, e Marcio Silva e Jorge Gonzáles, do Buzina Food Truck, são apenas alguns dos que devem ir para as ruas cozinhar.
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Simplificado sem ser simplista, assim deverá ser o ano do café segundo especialistas ouvidos pelo Paladar, que apostam na queda da afetação em torno da bebida. Para o barista Leo Moço "é o sabor que será explorado. É o sabor que vai dominar". O coador, redescoberto em 2013, deve se espalhar ainda mais. No lugar de novos métodos para extrair a bebida, as técnicas já disponíveis deverão ser mais exploradas. "Muita gente não entendeu as técnicas direito, e o cliente que pague a mais por isso", diz.
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Diante da explosão de cervejas, cervejeiros e cervejarias brasileiras, para onde mais pode ir a bebida? Para aquela que é tida como a última barreira: os restaurantes. A aposta é que a cerveja conquiste espaço no território hoje praticamente dominado pelo vinho. É comum ver, em bons restaurantes, poucas opções de cervejas. "A gente acredita que isso vai mudar. É uma barreira que queremos transpor", diz Alejando Winocur, diretor da cervejaria paranaense Way.
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Os últimos meses de 2013 já deram sinais de que, em 2014, a branquinha vai brilhar. Séries especiais, antigos produtos repaginados, além de lançamentos no mercado garantem: em ano de Copa do Mundo, a cachaça vai protagonizar no balcão. Entre especialistas do setor, nada de esperar o carnaval passar. Entre 30 de janeiro e 1º de fevereiro, será realizada a primeira degustação às cegas de cachaça com o objetivo de pontuar e ranquear a bebida.
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Se os dois últimos anos foram marcados pela aproximação de chefs e produtores, 2014 verá brotar uma parceira ainda maior entre eles. O objetivo de alguns chefs é ir mais longe: interferir na produção para aprimorar o que vai à cozinha, além de rastrear o produto, saber como é cultivado e consumido pelos nativos, o que já vem sendo feito.
Simplificação do serviço será a tônica nos restaurantes; veja seis apostas para este ano
Mesas sem toalha, um garçom no salão em vez de cinco, cardápio reduzido: o paulistano, acostumado ao paparico serviçal no restaurante, vai ter de encarar esse novo tipo de serviço, mais simples e informal. Chefs e restaurateurs consultados pelo Paladar apontam esse movimento como incontornável para 2014. É para driblar a tendência de aumento dos preços que gerou insatisfação em 2013.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Hernán Giponi. No pequeno e elegante hotel butique Fierro, em Palermo, o chef Hernán Gipponi encontrou o ambiente favorável para mostrar sua "cocina de autor", que lhe rendeu o 49º lugar na lista de 50 melhores da América Latina da Restaurant. Há preparos como o ovo perfeito com homus e bacon, o creme de abóbora assada com laranja e minirravióli de queijo de cabra ou uma versão do arroz de pato, com cogumelos e abobrinha. Endereço: Calle Soler, 5.862, Palermo.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Té de las cinco. Beatriz Chomnalez comanda o Té de las Cinco do Caeser Park Hotel de Buenos Aires, que roubou do Alvear o título de melhor chá das cinco da capital argentina. Como? Lançando mão de um doce arsenal formado de gallete de amêndoas e pera recheada de creme de pistache, gateau de frutas secas, pão doce, stollen (pão alsaciano recheado de marzipan), minitortas, mousses. Endereço: Calle Posadas, 1.232, Recoleta.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Scarlett. Foi a avó de origem polonesa que ensinou Dario Vulpes a gostar de tortas e bolos. A primeira loja foi inaugurada há dois anos. Hoje a Scarlett tem quatro unidades na cidade onde vende o cheesecake NY, com calda de frutas vermelhas, e o brownie 4457, com doce de leite caseiro e merengue. Endereço: Calle Nicaragua, 4.457, Palermo Soho.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Florería Atlântico. Por fora, é uma floricultura, mas uma portinha escondida na parede leva, por uma escada, ao classudo bar no subsolo que remete ao convés de uma embarcação antiga, com janelas em escotilhas, teto que parece tomado por uma infiltração. A coquetelaria é apurada, e a cozinha não decepciona. A sopa de caranguejo traz o clima de embarcação, servida com talheres rústicos e pesados. Há ainda outras surpresas, como a língua de vitela com pera. Endereço: Arroyo 872, Recoleta.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Elena. Em Buenos Aires, boa parte dos restaurantes de hotel não está ali só para matar a fome dos hóspedes. A novidade no genero são os dois restaurantes que acabam de ser inaugurados no Four Seasons - que, se não justificam a hospedagem, valem a visita. O primeiro deles é o Elena (foto) - 50º da lista dos 50 melhores da América Latina da revista - especializado em carnes dry-aged, as carnes maturadas a seco, e embutidos feitos na casa. Endereço: Calle Cerrito, 1.455, Recoleta.
Capital argentina tem visto surgir restaurantes, bares, padarias e docerias mais autênticos
Cafe San Juan. Leandro Cristóbal, o Lele, dono do Cafe San Juan é quase uma celebridade da gastronomia portenha - graças, sobretudo, a um programa que apresenta no canal Utilíssima, que mostra o dia a dia da cozinha de seu pequeno restaurante, um endereço disputadíssimo. Decorado com ladrilhos quadriculados, o salão de pouco mais de 20 lugares é ponto obrigatório para quem quer provar a boa cozinha regional argentina, sem firulas. Endereço: Avenida San Juan, 450, San Telmo.
+ fotos sobre restaurantes »