1. Usuário
Assine o Estadão
assine

MORRO

Repórter do Estadão fala sobre operação no Morro do Alemão

O repórter Bruno Paes Manso, do Estadão, fala sobre a operação policial no Morro do Alemão, no Rio de Janeiro, que envolveu 1.350 policiais e deixou 19 mortos e 9 feridos.

17 DE Fevereiro DE 2013
08 DE Novembro DE 2012
02 DE Outubro DE 2012
31 DE Maio DE 2012
24 DE Outubro DE 2011

morro
ONG Casa da Arte de Educar estuda herança afro na Mangueira Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia Carros de polícia no Complexo do Alemão Carro da UPP incendiado na noite de domingo Cerca de 12 mil passageiros que usam diariamente o teleférico ficaram sem o transporte, fechado desd Vista do teleférico do Morro do Alemão Policiais periciam viatura que ficou danificada após troca de tiros no domingo
ONG Casa da Arte de Educar estuda herança afro na Mangueira
Alunos descobriram histórias e criaram mapa da comunidade; Elenita (no canto inferior esquerdo) aprendeu as tradições com a avó
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
O hotel, cuja suíte principal, de paredes de vidro, tem visão panorâmica da orla e vai custar R$ 1.000 na alta temporada - é possível apreciar até o Leme, a dez quilômetros de distância - é projeto do arquiteto Hélio Pellegrino, um dos primeiros a investir no Vidigal pós-UPP.
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
O acesso não é nada fácil: é preciso subir a íngreme via principal, o que, nas noites de festa, é feito em vans, carros contratados ou mototaxistas - esses costumam cobrar mais caro de quem não é morador.
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
É neles que são realizadas as festas e os shows mais badalados do morro, que recebem estilistas, modelos e atores, como Selton Mello, Daniel de Oliveira e Lázaro Ramos, e cuja propaganda foi turbinada pela última novela da TV Globo das 21 horas, “Em família”, com cenas gravadas em suas varandas. A Casa da Tapioca, vizinha, também é movimentada.
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
No Arvrão, justamente o ponto no qual o tráfico agia, foram erguidos os dois empreendimentos que mais chamam a atenção no novo Vidigal: o hotel-butique Mirante do Arvrão, que faz um ano em dezembro, e o hostel e bar Da Laje, inaugurados antes da Copa.
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
O Vidigal está na moda ainda que as estatísticas da violência mostrem aumento de registros de crimes, conforme levantamentos do Instituto de Segurança Pública de 2007 a 2013.
Bar e hotel badalados foram erguidos no mesmo ponto onde o tráfico agia
De janeiro de 2012 para cá, o Vidigal, que sempre se destacou entre as favelas cariocas pela paisagem exuberante, o grau de urbanização e a vocação cultural, passou a ser notícia cada vez menos pelas ocorrências policiais e mais pela agenda social e a frequência de celebridades.
Carros de polícia no Complexo do Alemão
Na tarde de domingo, um senhor de 60 anos morreu após ser baleado no Alemão; segundo a PM, policiais da UPP avistaram moradores socorrendo Antônio França
Carro da UPP incendiado na noite de domingo
Desde o início do ano, cinco PMs morreram em confronto com traficantes na região do Alemão
Cerca de 12 mil passageiros que usam diariamente o teleférico ficaram sem o transporte, fechado desd
Cerca de 12 mil passageiros que usam diariamente o teleférico ficaram sem o transporte, fechado desde quinta-feira por falta de segurança para operar
Vista do teleférico do Morro do Alemão
Os ataques seriam uma retaliação à morte de Matheus Alexandre Silva dos Santos, de 18 anos, morto na tarde de domingo
Policiais periciam viatura que ficou danificada após troca de tiros no domingo
Os ataques podem ter sido uma represália pela prisão de Diogo Wellington Costa, o "Diogo Bebezão", 28 anos, na madrugada de sábado
+ fotos sobre morro »