1. Usuário
Assine o Estadão
assine

MEXICO

Família mexicana comemora empate com Brasil

Jorge Afiune veio do México para o Brasil abrir um restaurante em São Paulo. Lá, recebeu amigos brasileiros para assistir ao jogo que terminou em 0 a 0

30 DE Outubro DE 2014
29 DE Outubro DE 2014
28 DE Outubro DE 2014

mexico
Protestos. Semanas após 43 estudantes desaparecerem em Iguala, professores acusam o governo local Túnel, que fica no Templo Quetzalcoatl foi identificado em 2003 Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos Prefeito mexicano renuncia horas após assumir cargo México prende quatro pelo desaparecimento dos 43 estudantes
Protestos. Semanas após 43 estudantes desaparecerem em Iguala, professores acusam o governo local
Protestos. Semanas após 43 estudantes desaparecerem em Iguala, professores acusam o governo local
Túnel, que fica no Templo Quetzalcoatl foi identificado em 2003
Túnel, que fica no Templo Quetzalcoatl foi identificado em 2003
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
Teotihuacán é uma das maiores cidades pré-hispânicas já encontradas. Estima-se que em seu auge tenha abrigado mais de 100 mil moradores fixos. Suas construções espalham-se por aproximadamente 20 mil quilômetros quadrados - parte delas, como os Templos do Sol e da Lua e a Avenida dos Mortos, está aberta ao turismo.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
Durante os trabalhos de escavação foram removidas cerca de 950 toneladas de terra manualmente. Exames feitos com carbono 14 para determinar a data da passagem subterrânea revelaram que ela foi concebida no início da era cristã e foi utilizada até meados dos anos 250 d.C.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
Durante os trabalhos de escavação foram removidas cerca de 950 toneladas de terra manualmente. Exames feitos com carbono 14 para determinar a data da passagem subterrânea revelaram que ela foi concebida no início da era cristã e foi utilizada até meados dos anos 250 d.C.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
Durante os trabalhos de escavação foram removidas cerca de 950 toneladas de terra manualmente. Exames feitos com carbono 14 para determinar a data da passagem subterrânea revelaram que ela foi concebida no início da era cristã e foi utilizada até meados dos anos 250 d.C.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
No total, a equipe contabilizou mais de 50 mil objetos. Há esculturas, peças de cerâmica, pedras de jade, conchas marinhas, sementes, bolas de borracha, ossadas humanas e de animais, como aves e felinos.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
O caminho subterrâneo tem 102 metros e 42 centímetros de extensão e o acesso ao túnel começa a 15 metros de profundidade e avança três metros mais abaixo, revelando três recintos ao fundo onde foram encontradas as oferendas rituais.
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
A existência de um túnel no Templo de Quetzalcoatl, no coração de Teotihuacán, a cerca de 50 quilômetros ao norte da Cidade do México, foi identificada em 2003. Desde então, arqueólogos passaram a investigá-lo sistematicamente utilizando tecnologias de ponta, com scanner a laser, georradares e dois robôs
Escavações revelaram mundo oculto há mais de 1,8 mil anos
Escavações no túnel de Quetzalcoatl, a mitológica Serpente Emplumada cultuada pelos povos ameríndios nos territórios norte e centro-americanos, revelaram a existência de mais de 50 mil artefatos cerimoniais.
Prefeito mexicano renuncia horas após assumir cargo
Jovens estão desaparecidos e prefeito anterior da cidade é acusado de ter envolvimento com maior tragédia vivida pelo país.
México prende quatro pelo desaparecimento dos 43 estudantes
Soldados da marinha do México fazem buscas em regiões próximas a Iguala, onde jovens desapareceram em setembro deste ano.
+ fotos sobre MEXICO »