1. Usuário
Assine o Estadão
assine

MARINHA

Forças de Segurança ocupam o Complexo da Maré, no Rio

Sem resistência da população, operação de ocupação envolveu a Polícia Militar e a Marinha do Brasil e levou 15 minutos

25 DE Maio DE 2014
20 DE Maio DE 2014
16 DE Maio DE 2014
08 DE Maio DE 2014
06 DE Maio DE 2014

marinha
Cobertura de prédio no Rio vira base da Marinha na Copa do Mundo Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País Plataforma de petróleo inclina na Baía de Guanabara Plataforma de petróleo inclina na Baía de Guanabara
Cobertura de prédio no Rio vira base da Marinha na Copa do Mundo
Segurança será reforça durante Copa do Mundo no Brasil
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
O atol não tem água doce, as sombras esparsas dos coqueiros não oferecem refresco do sol e as 150 mil aves que se reproduzem ali fazem uma algazarra constante
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
A espera para pesquisar no atol é grande. A agenda está lotada até 2014, com equipes de até 5 cientistas revezando-se na base a cada mês
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
Atol das Rocas é um verdadeiro santuário de aves. Na foto, trinta-réis com ovo na Ilha do Farol
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
No atol, os cientistas podem pesquisar a vida marinha em um ambiente verdadeiramente selvagem e sem poluição
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
Tartaruga-verde é uma espécie que só desova em ilhas, por isso as piscinas do atol são bons lugares para estudá-las
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
Por ter uma reserva biológica extremamente frágil, apenas cientistas e pesquisadores são admitidos no local
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
Tubarão-limão nada no canal cheio de passagens e cavernas que conecta a Laguna ao mar de fora do atol
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
O atol está no topo de um monte que faz parte de uma cadeia de montanhas submarinas
Atol das Rocas é a unidade de conservação marinha mais antiga do País
cerca de 270 Km de Natal, o Atol das Rocas é umas das mais exóticas e isoladas unidades de conservação do Brasil
Plataforma de petróleo inclina na Baía de Guanabara
A Marinha proibiu o acesso da imprensa ao Arsenal de Marinha, local onde foi retirado um submarino por precaução por causa da inclinação da plataforma de petróleo
Plataforma de petróleo inclina na Baía de Guanabara
Boias de contenção de óleo foram espalhadas ao redor da plataforma, como prevenção a vazamentos
+ fotos sobre Marinha »