1. Usuário
Assine o Estadão
assine

MALHÃES

30 DE Maio DE 2014
28 DE Maio DE 2014
21 DE Maio DE 2014
14 DE Maio DE 2014

malhaes
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Segundo Medina, eles não se surpreenderam quando souberam que haviam sido intimados para falar da morte do coronel Malhães.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Os mandados de prisão de Rodrigo e Anderson já foram expedidos e eles são considerados foragidos da Justiça. De acordo com Medina, a viúva do militar, Cristina Batista Malhães, ficou "confusa" ao saber da participação do caseiro. "Ela passou a vida inteira no meio do mato, numa casa em que não havia vizinhos. Ela não tem vivência de cidade. Demorou um pouco para processar a informação".
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
O crime vinha sendo planejado desde o início de março, mas os delegados não têm certeza ser Rogério foi o mentor do plano. Familiares dos três irmãos estiveram na DHBF para depoimento.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
De acordo com o caseiro, joias, armas e equipamentos levados da casa de Malhães estão com os irmãos. Ele não sabe o que foi feito do material do roubo. Rogério afirmou que não recebeu nada pela participação no crime - o dinheiro só seria dividido depois que os bens roubados fossem vendidos.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Rogério trabalhou no sítio de Malhães por sete anos. Após esse período, entrou em acordo com o patrão e deixou o emprego. O caseiro ficou afastado por seis meses e voltou ao antigo posto havia um mês e meio.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
À polícia, Rogério disse que gostava do coronel e não tinham a intenção de matar o militar, que confessou ter torturado e matado militantes de esquerda durante a ditadura. "Ele demonstra arrependimento quando fala da morte do coronel", disse o delegado responsável pelo caso, William Pena Júnior.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Rogério confessou o crime em depoimento na madrugada desta terça-feira. Inicialmente, disse ter sido feito refém pelos criminosos. Ele, no entanto, deu diferentes versões sobre o local em que teria sido mantido durante o assalto - ora afirmava que ficou isolado no quarto, ora contava que estava na sala.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
Outro indício que chamou a atenção dos policiais foi que um dos cachorros do sítio, extremamente feroz, não estranhou a presença dos assaltantes. "O plano era subtrair bens. Ainda apuramos se a morte foi acidental", afirmou Medina.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
O delegado Henrique Medina, titular da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), disse que não descarta a hipótese de "alguém da família" do tenente-coronel Paulo Malhães ter colaborado no assalto, que culminou com a morte do militar.
Caseiro suspeito de participar de morte de coronel entrega irmãos
O delegado Henrique Medina, titular da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), disse que não descarta a hipótese de "alguém da família" do tenente-coronel Paulo Malhães ter colaborado no assalto, que culminou com a morte do militar, que há um mês declarou ter participado de prisões e torturas durante a ditadura militar. Malhães foi encontrado morto na quinta-feira, 24, no sítio em que morava, em Nova Iguaçu (Baixada Fluminense).
+ fotos sobre malhães »