1. Usuário
Assine o Estadão
assine

MACONHA

Mujica: "Meu legado será diminuir a desigualdade"

Presidente uruguaio, José Mujica diz que leis sobre maconha, aborto e homossexuais não são maiores do que combate à pobreza

10 DE Julho DE 2014
08 DE Julho DE 2014
07 DE Julho DE 2014
15 DE Junho DE 2014

maconha
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
O ex-ministro do meio-ambiente, Carlos Minc, também participou da manifestação e disse ser totalmente a favor da legalização da maconha. Minc ressaltou que a atual legislação brasileira "despenalizou" uso da maconha e mesmo assim 60 mil usuários estão em presídios. "A lei tem brechas. A prisão de usuários de maconha no Brasil não tem cabimento"
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
De acordo com o major Luciano Cunha, do 23º Batalhão, o objetivo é acompanhar a movimentação. A ideia do policiamento, segundo ele, é preservar a integridade física dos manifestantes e não reprimir
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
O ato será acompanhado por 30 policiais e outros 50 reforçam o policiamento em toda a orla das praias de Ipanema e Leblon
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
Manifestantes também levam cartazes a favor da legalização escritos "chega de hipocrisia" e "não compre, plante"
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
A marcha, que conta com um carro de som e uma grande réplica de um cigarro de maconha, será divido em alas com temas como feminismo, capitalismo, psicodelismo, cultivo e plantio em casa, e drogas e direitos humanos
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
Os manifestantes, com máscaras que reproduzem a folha da maconha
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
A Fifa e a Copa do Mundo também são alvo de críticas
Marcha da Maconha espera reunir 20 mil pessoas no Rio
Cerca de 300 pessoas se concentraram para participar da Marcha da Maconha, no Jardim de Alah, na divisa entre Ipanema e Leblon, na zona sul do Rio, na tarde deste sábado, 10. A organização espera que 20 mil pessoas participem do ato
Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha
Na Europa, o uso é descriminalizado na Alemanha, Bélgica, Espanha, Estônia, Itália, Portugal, Suíça e República Tcheca.
Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha
Na América Latina, o uso é descriminalizado na Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador, México e Peru.
Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha
No caso canadense, a maconha pode ser trabalhada industrialmente, dependendo de licença do governo.
Uruguai se torna a primeira nação do mundo a legalizar o cultivo e a distribuição de maconha
O uso é liberado para fins medicinais na França, Áustria, Finlândia e Canadá.
+ fotos sobre maconha »