1. Usuário
Assine o Estadão
assine

JOSÉ DIRCEU

O médico por trás da cabeleira dos políticos

O especialista em implante capilar, Fernando Basto, já operou José Dirceu, José Múcio Monteiro, Fábio faria, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros

10 DE Outubro DE 2014
09 DE Outubro DE 2014
21 DE Junho DE 2014
30 DE Maio DE 2014
16 DE Maio DE 2014

jose dirceu
Dirceu CPP Dirceu pode ser transferido da Papuda a qualquer momento Escritório Dirceu Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha Julgamento dos recursos: primeiro dia
Dirceu CPP
No CPP, Dirceu conversa com mulher que levou um paletó ao ex-ministro
Dirceu pode ser transferido da Papuda a qualquer momento
Ex-ministro da Casa Civil pode ser transferido para o Centro de Progressão Penitenciária a qualquer momento
Escritório Dirceu
Entrada do edifício onde fica o escritório de advogado que empregou Dirceu
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
Na 7ª fatia, do dia 22 de outubro de 2012, foi julgado o crime de formação de quadrilha. Dos 13 réus, 11 foram condenados. A partir desta data, os ministros passaram a discutir como seria feita a dosimetria das penas aplicadas aos réus condenados.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
Na 5ª fatia, 3 réus foram absolvidos e 3 ficaram empatados. Na 6ª fatia, Duda Mendonça e sua sócia Zilmar Fernandes foram absolvidos da acusação de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
Na segunda parte da quarta fatia, entre 3 a 10 de outubro, a maioria dos ministros condenou José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
Entre 10 de setembro a 1º de outubro, oito réus foram condenados por lavagem de dinheiro na 3ª fatia e 12 na 4ª, por venda de apoio no Congresso. Dentre os últimos doze, 7 eram ex-parlamentares.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
No começo do julgamento, entre 2 de agosto e 6 de setembro de 2012, o cronograma foi atrasado. Os ministros decidiram "fatiar" o julgamento em sete partes. A primeira condenou 5 réus, e na segunda mais 3 foram condenados.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
No julgamento, foram confirmadas as teses de desvio do dinheiro público, empréstimos fraudulentos, compra de votos para apoio parlamentar e formação de quadrilha. A maioria dos ministros entendeu que houve uma ação organizada para o esquema do mensalão.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
A condenação pelo crime de formação de quadrilha foi apertada, por seis votos a quatro, e deu aos réus direito a embargos, que foram julgados neste ano pelo tribunal. A maioria dos ministros decidiu pela aceitação de novos recursos apresentados e por isso o julgamento terá uma nova fase em 2014. A expectativa é de que nenhuma mudança substancial seja feita nas condenações.
Em 22 de outubro de 2012, réus eram condenados por formação de quadrilha
Há um ano, o Supremo Tribunal Federal concluía o julgamento do mensalão e condenava dez réus por formação de quadrilha, entre eles o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares. O publicitário Marcos Valério também foi condenado.
Julgamento dos recursos: primeiro dia
Em sua estreia no julgamento do mensalão, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso afirmou que a corrupção não pode ser politizada, descolando, desta forma, o esquema ocorrido em 2005 do PT. "Não existe corrupção do PT, do PSDB ou do PMDB. Existe corrupção. Não há corrupção melhor ou pior, dos ‘nossos’ ou dos ‘deles’. Não há corrupção do bem. A corrupção é um mal em si e não deve ser politizada", disse
+ fotos sobre José Dirceu »