1. Usuário
Assine o Estadão
assine

GUERRA

O comandante de Joseph Kony

Em oito anos de guerrilha, Okello Moses chegou a ser o braço direito do líder do Exército da Resistência do Senhor

01 DE Julho DE 2014
26 DE Junho DE 2014
21 DE Junho DE 2014
17 DE Junho DE 2014
05 DE Junho DE 2014

guerra
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação Fumaça em prédio na região de Donetsk Alexandre Guerra Cena de Metamorfose Wojciech Jaruzelski
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
O Brasil foi o único da América do Sul a enviar tropas à Europa. Em 23 de agosto de 1942, o Estadão estampou em manchete: O Brasil em estado de beligerância com a Alemanha e a Itália. Mesmo assim o povo brasileiro não acreditava na possibilidade de se ir à luta, embora os alemães já tivessem bombardeado navios comerciais do Brasil em águas internacionais.
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Soldado da Força Expedicionária Brasileira
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Desembarque no Rio em agosto de 1945. O pesquisador Paulo Fernando Kasseb lamenta apenas que depois da vitória e do desfile dos soldados pelo Rio de Janeiro, em carro aberto, com chuva de papel picado, a Força Expedicionária Brasileira tenha sido desfeita por decreto logo em seguida. "Acredito que Getúlio Vargas (então presidente da República) temesse que seu poder fosse abalado pela popularidade obtida pela FEB", observa.
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Setembro de 1944 - Batismo de fogo: Mascarenhas de Morais, Zenobio da Cista, Lima Brayer, Amaury Kruel, o então Tenente Coronel Humberto Castello Branco ajoelhado e colegas.
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Força Expedicionária Brasileira.
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Soldados da FEB em Livorno e Monte Castelo na Itália. Em Monte Castelo foram instalados os acampamentos onde os "pracinhas" (como eram chamados os nossos soldados) enfrentaram as maiores dificuldades, diante não só do inverno rigoroso, mas também das possantes metralhadoras MG. 42 dos alemães, logo apelidadas por "lurdinhas".
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Soldados da FEB na Itália. As tropas brasileiras tinham por comandante o general Mascarenhas de Moraes. Apesar da inexperiência e dificuldades, os nossos soldados cumpriram cada missão que lhes foram atribuídas.
Há 70 anos a Força Expedicionária Brasileira entrava em ação
Foto de novembro de 1944. General Critteberger (Comandante do IV Corpo) e General Mascarenhas (Comandante da FEB) felicitam uma patrulha brasileira por seus atos de bravura. A partir de agosto de 1944 os soldados brasileiros começaram a seguir para a Itália, totalizando 25. 344 expedicionários que antes de seguir ao campo de batalha passaram por instrução e treinamento pelo V Exército norte-americano, comandado pelo general Mark Clark.
Fumaça em prédio na região de Donetsk
Autoridades disseram que 14 pessoas foram mortas em combates na noite de domingo
Alexandre Guerra
Delicadeza.O francês Philippe Sarde e o italiano Morricone são modelos de Guerra
Cena de Metamorfose
Cena do longa que narra a luta de quem vive em condições extremas próximas à usina nuclear de Mayak
Wojciech Jaruzelski
Centenas de pessoas assistem ao velório do general em Varsóvia
+ fotos sobre guerra »