1. Usuário
Assine o Estadão
assine

GOLPE

Revolução ou Golpe?

Documentário mostra a influência do governo dos Estados Unidos no Golpe de Estado no Brasil em 1964

18 DE Agosto DE 2014
03 DE Julho DE 2014
30 DE Junho DE 2014
27 DE Junho DE 2014

golpe
Exército ocupa Bancoc para evitar golpe na Tailândia Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país Manifestantes fazem Bolsonaro ergue faixa com Manifestantes fazem Bolsonaro ergue faixa com Bolsonaro ergue faixa com
Exército ocupa Bancoc para evitar golpe na Tailândia
Soldados tailandeses marcham durante a guarda de viaduto para evitar anti-golpe na Tailândia
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Soldado segura arma e flores que recebeu de partidários do golpe
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Tailandeses param e tiram fotos ao lado de militares
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Soldados patrulham ruas de Bangcoc
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Menino faz poses com militares tailandeses
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Soldados patrulham ruas para evitar manifestações contra o golpe dado na Tailândia
Militares tomaram o poder e seguem nas ruas do país
Monge budista passa por guarda formada em praça de Bangcoc
Manifestantes fazem "escracho" em frente à casa de ex-agente da ditadura
"O escracho tem como objetivo não deixar que a juventude brasileira esqueça o dia em que se completa os 50 anos do golpe militar, que submeteu nosso país a uma ditadura de mais de 20 anos e denunciar todos os abusos e violências sofridas pelos militantes", diz o grupo, em nota. Os manifestantes picharam a casa do ex-agente com dizerem como "torturador" e "assassino", e deixaram um tecido pregado ao portão no qual pedem "memória, verdade e justiça".
Bolsonaro ergue faixa com "Parabéns militares" e provoca confusão em sessão da Câmara
"Isso aqui está parecendo a volta da ditadura", bradou o deputado Amauri Teixeira (PT-BA), um dos mais exaltados. Os deputados Ivan Valente (PSOL-SP) e Chico Alencar (PSOL-RJ) também questionaram a ordem de Alves. Diante das queixas de parlamentares, cujos convidados estavam sendo barrados, Henrique Alves decidiu liberar o acesso.
Manifestantes fazem "escracho" em frente à casa de ex-agente da ditadura
Integrantes do movimento Jovens do Levante Popular da Juventude realizaram um ato no início da manhã desta terça-feira, 1º, em frente à casa do delegado aposentado da Polícia Civil Aparecido Laerte Calandra, em São Paulo. Conhecido como "Capitão Ubirajara", Calandra atuou por quase dez anos no DOI-Codi, centro de repressão e tortura da ditadura militar. O ato, definido pelo grupo como "escracho", faz parte de ações para lembrar os 50 anos do golpe que depôs o presidente João Goulart.
Bolsonaro ergue faixa com "Parabéns militares" e provoca confusão em sessão da Câmara
Uma ordem do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), de restringir o acesso à sessão também provocou protestos entre os deputados. Apenas quem tinha senhas distribuídas previamente poderia entrar no plenário.
Bolsonaro ergue faixa com "Parabéns militares" e provoca confusão em sessão da Câmara
Ao recobrar a consciência, a simpatizante dos militares teve de ser contida por seguranças e gritava aos outros participantes: "Eu não quero comunismo no meu País". A sessão foi interrompida durante o discurso da deputada Luiza Erundina (PSB-SP), autora do requerimento que propôs a sessão solene. O deputado Jair Bolsonaro também deve discursar.
+ fotos sobre golpe »