1. Usuário
Assine o Estadão
assine

FINANCIAMENTO DE CAMPANHA

Ministros votam contra financiamento de políticos

Luís Roberto Barroso e Marco Aurélio de Mello negam que o Supremo esteja assumindo funções do Legislativo

02 DE Abril DE 2014
31 DE Março DE 2014
25 DE Junho DE 2013
28 DE Novembro DE 2012
27 DE Abril DE 2011

financiamento de campanha
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Uma emenda da senadora Kátia Abreu (PSD-TO) determinou um limite para a contratação de pessoas por candidato, mas existe um movimento liderado pelo petista Humberto Costa (PE) pela proibição total de funcionários para fazer campanha nas ruas. A oposição tem reagido contra a proposta, afirmando que a proibição ou até a limitação na quantidade de cabos eleitorais permitidos por candidato beneficia os mais conhecidos, em detrimento dos candidatos que ainda não firmaram seu nome junto à população.
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Com essa redação, o projeto vai permitir que empresas acionistas, sócias, ou ainda as com razão social diferente do concessionário façam doações já nas próximas eleições.
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
A liberação para que empresas ligadas a concessionárias possam doar foi feita em emenda pelo senador Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP), suplente da ministra da Cultura, Marta Suplicy (PT-SP). O texto veda a concessionários ou permissionários a transferência de dinheiro para campanhas apenas "quando forem os responsáveis diretos pela doação".
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Uma emenda da senadora Kátia Abreu (PSD-TO) determinou um limite para a contratação de pessoas por candidato, mas existe um movimento liderado pelo petista Humberto Costa (PE) pela proibição total de funcionários para fazer campanha nas ruas. A oposição tem reagido contra a proposta, afirmando que a proibição ou até a limitação na quantidade de cabos eleitorais permitidos por candidato beneficia os mais conhecidos, em detrimento dos candidatos que ainda não firmaram seu nome junto à população.
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Com essa redação, o projeto vai permitir que empresas acionistas, sócias, ou ainda as com razão social diferente do concessionário façam doações já nas próximas eleições.
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
A liberação para que empresas ligadas a concessionárias possam doar foi feita em emenda pelo senador Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP), suplente da ministra da Cultura, Marta Suplicy (PT-SP). O texto veda a concessionários ou permissionários a transferência de dinheiro para campanhas apenas "quando forem os responsáveis diretos pela doação".
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
Atualmente, o governo da presidente Dilma Rousseff é o principal "sócio" de empresas concessionárias no País e está prestes a por em prática o maior pacote de concessões da história, estimado em R$ 500 bilhões.
Senado aprova minirreforma para que empresas ligadas a concessionárias financiem campanhas
O Senado aprovou nesta segunda-feira, 16, o projeto de lei que promove uma minirreforma eleitoral com vistas ao pleito de 2014, mantendo no texto a permissão de doação de empresas ligadas a concessionários de serviços públicos e a limitação da contratação de cabos eleitorais. Apesar da pressa para aprovar as novas regras até 5 de outubro de forma que já valham nas eleições do ano que vem, não há consenso sobre esses pontos na Câmara, por onde o texto ainda precisa passar.
+ fotos sobre financiamento de campanha »