1. Usuário
Assine o Estadão
assine

COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE

Forças Armadas precisam se reconciliar com a sociedade", diz Pedro Dallari

Presidente da Comissão Nacional da Verdade comenta recusa de chefes militares em admitir torturas em instalações das Forças Armadas e anuncia novas providências

13 DE Agosto DE 2013
12 DE Agosto DE 2013
22 DE Outubro DE 2012
12 DE Maio DE 2010
27 DE Janeiro DE 2010

comissao nacional da verdade
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Presidente da Comissão da Verdade da USP, Dalmo Dallari disse em entrevista à TV Estadão que nenhum tipo de autoanistia tem valor. "Anistia para quem anistiou a si próprio não tem validade jurídica"
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Baere pediu para não participar da missão e foi perseguido. "Fui expulso, após ficar 50 dias incomunicável na prisão, policiado por um oficial portando metralhadora, como se fosse um marginal"
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
O coronel-aviador da reserva Roberto Baere falou para a CNV no dia 4/5 sobre a Operação Mosquito, conspiração de oficiais da Aeronáutica para matar João Goulart em 1961
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Ustra usou o depoimento para atacar Dilma. "O objetivo dos terroristas era implantar ditadura(...). Isso está no estatuto das organizações terroristas, inclusive no das 4 que a presidente participou."
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
O coronel reformado do Exército Carlos Ustra foi ouvido pela CNV em 10/5. Afirmou que "lutou pela democracia" e negou ter cometido crimes durante o regime militar. "Nunca fui assassino"
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Segundo o ex-sargento Marival Chaves, um "teatrinho" encobria as mortes. E as ordens partiam de Carlos Ustra, reconhecido como torturador pelo TJ-SP: "Era o senhor da vida e da morte"
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
O ex-sargento Marival Chaves, atuante no DOI, contou à comissão que assistiu às exibições de corpos de Antonio Carlos Bicalho Lana e de Sonia Maria Moraes Jones, mortos e torturados
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Segundo Oliveira, o casal foi torturado até morrer. "O comandante chegou perto dele e disse: "Esse aí não serve pra mais nada". Então abaixou, ficou quase de joelhos e deu um tiro em cada um"
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Em depoimento prestado à Comissão Estadual da Verdade em 16/5, o ex-soldado do Exército Valdemar Oliveira apontou o nome do oficial que supostamente executou um casal de militantes em 1968
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Sobre o general D"Ávila, Sarita Mello disse que "ele não confiava na máquina da repressão. Podia ter apenas dado uma ordem. Não precisava ir lá para ver uma menina de 23 anos."
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Quem também depôs em SP foi Sarita Mello, militante do PCB. Mello disse que o então comandante do 2.º Exército, general Ednardo D"Ávila Mello, visitou o DOI-Codi e impediu que ela fosse torturada
Depoimentos polêmicos nas comissões da verdade
Autor da emblemática foto do corpo de Vlado, morto no DOI-Codi em 1975, Silvaldo Vieira frustrou a Comissão Municipal da Verdade, que o trouxe dos EUA para esclarecer o caso
+ fotos sobre comissão nacional da verdade »