1. Usuário
Assine o Estadão
assine

COMÉRCIO

Inflação e arrecadação

A inflação, medida pelo IPC-15 de junho, é um dos principais destaques da semana, na economia, que também prevê a divulgação da criação de vagas no mercado formal de trabalho, pelo Caged, do Ministério do Trabalho, e a arrecadação federal, além da decisão do Federal Reserve, sobre a política monetária, nos Estados Unidos

15 DE Julho DE 2014
11 DE Julho DE 2014
09 DE Julho DE 2014
29 DE Junho DE 2014

comercio
Containers enfileirados Navio de carga sai carregado do Porto de Santos Dia dos Pais Agito Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
Containers enfileirados
A China parou de emitir autorizações de importação de DDG dos EUA em junho, em meio a preocupações de que ele contenha a variedade MIR 162
Navio de carga sai carregado do Porto de Santos
Os embarques no Brasil ainda não aceleraram em julho, mostraram dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) na segunda-feira
Dia dos Pais
Comércio registrou desaceleração das vendas a prazo em todas as datas comemorativas do 1º semestre
Agito
Em alguns bares, como nos da Vila Madalena, em SP, movimento chegou a triplicar
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
O preço médio de cada rolo com 100 fitas gira em torno de R$ 50, segundo o fabricante. Em Salvador, o preço varia de um comerciante para outro. Nas redondezas da Igreja do Bonfim, o produto é vendido por vários ambulantes nas calçadas. "Pra você, faço por R$ 2 trinta fitas", anuncia um vendedor, a cada turista que passa.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
Além da modificação do material, o tamanho também foi alterado. Inicialmente as fitas tinham 47 centímetros, por se acreditar que era a medida do braço direito da estátua de Jesus. As fitas encolheram para baixar o custo e hoje medem 43 centímetros.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
A estudante Jeannine Hagnauer, de 23 anos, conta que ficou mais de dois anos com a sua fitinha amarrada no braço. "Chegou um momento que eu já tinha me esquecido dos meus desejos", conta ela. Tendo visitado Salvador pela última vez em 2009, a carioca conta que sempre que vai à cidade amarra uma fitinha no pulso, mais para se lembrar da "mágica do lugar" e menos por acreditar na tradição. "Salvador tem uma boa energia".
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
"Algumas pessoas já me pediram para fazer em acetato, mas seria inviável economicamente. O poliéster é mais facilmente encontrado", diz. De acordo com o empresário, suas fitas podem durar cerca de seis meses, enquanto a fibra natural fica frágil em apenas um mês.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
O empresário Osnir Moreno Rolin, 50, vende a crença para todo o Brasil e ainda exporta para alguns países, como França e Alemanha. Apesar de afirmar que acredita na tradição, Rolin assume que, por questões financeiras, fez adaptações da fitinha original.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
A frustração pela demora em ver a fita se romper abala os fiéis, famosos ou não. Mas os fabricantes não se comovem com os apelos. O principal produtor da fitinha do Brasil, responsável por 90% do mercado, fica em Sumaré, no interior de São Paulo.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
"Antigamente elas duravam menos e os desejos eram atendidos mais depressa", brincou o governador. "Elas agora são de poliéster", respondeu o secretário baiano. "Eu desejo sempre muita luz", comentou o governador Cid Gomes. Um jornalista ironizou que isso explicaria o recente apagão no Nordeste. O governador apenas sorriu.
Popular em todo o País, a lembrancinha fica mais resistente
Em um recente encontro em São Paulo, o governador do Ceará, Cid Gomes, comentou com o secretário do Planejamento de Salvador, José Gabrielli, que as fitas que traz amarradas ao pulso resistem ao tempo há meses.
+ fotos sobre comércio »