1. Usuário
Assine o Estadão
assine

CASA

#comofaz: cadeira Atibaia

No primeiro vídeo da série #comofaz, o arquiteto e designer Paulo Alves fala sobre o processo de produção da cadeira Atibaia

30 DE Agosto DE 2014
27 DE Maio DE 2014
18 DE Maio DE 2014
14 DE Maio DE 2014
01 DE Maio DE 2014

casa
Secretário diz que o governo federal trabalha na atualização dos repasses Depois da greve nas estaduais, Camila quer cursar Medicina na Santa Casa Entrada da Santa Casa em São Paulo Custo da obra no antigo prédio do TRT será dividido entre ministério e governo do Estado Policial em frente à Casa Branca Segurança na frente da Casa Branca Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Secretário diz que o governo federal trabalha na atualização dos repasses
Secretário diz que o governo federal trabalha na atualização dos repasses
Depois da greve nas estaduais, Camila quer cursar Medicina na Santa Casa
Depois da greve nas estaduais, Camila quer cursar Medicina na Santa Casa
Entrada da Santa Casa em São Paulo
Entre os indicadores que comprovam a má administração, estão a queda de 98% do patrimônio líquido da Santa Casa em quatro anos
"Do jeito que está a Santa Casa é insolvente’
Dívida de mais de R$ 400 milhões deixou o complexo sem fornecedores
Custo da obra no antigo prédio do TRT será dividido entre ministério e governo do Estado
Custo da obra no antigo prédio do TRT será dividido entre ministério e governo do Estado
Policial em frente à Casa Branca
A agência está estudando maneiras de ampliar a zona de segurança ao redor da Casa Branca para manter o público mais distante e aumentar as revistas pessoais
Segurança na frente da Casa Branca
Após o incidente, o Serviço Secreto, que protege o presidente e sua família, intensificou a vigilância sobre o perímetro da sede do governo norte-americano
Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Fogão de três bocas: para otimizar espaços cada vez mais reduzidos, a novidade agora é um fogão de três bocas. Indicado para cozinhas minimalistas, o produto fabricado pela Mueller traz ainda um suporte de apoio para condimentos ou ingredientes. É possível encontrá-lo em lojas especializadas a um preço médio de R$ 456.
Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Mouse solar: funciona sem fio e é alimentado por luz ambiente, natural ou artificial, armazenada em um dispositivo interno. Produzido pela Multilaser, o mouse pode funcionar no escuro durante algumas horas e caso descarregue, há espaço para pilhas AA. O produto já está no mercado e o preço sugerido é R$ 99.
Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Óleo gourmet: já pensou em cozinhar com o seu próprio óleo? Agora existe uma máquina capaz de extrair, em três minutos, óleo de sementes como macadâmia, amendoím, castanha, amêndoa, nozes, entre outras. Além do óleo, o bagaço produzido na moagem é separado em outro recipiente, o que possibilita seu aproveitamento em outras receitas. A máquina, produzida pela fabricante Ecovacs, ainda não está no mercado tradicional, mas pode ser adquirida via web por R$ 1.699 (http://www.ecomart.com.br/).
Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Saca-rolha elétrico: seus dias de sofrimento para abrir uma garrafa de vinho estão contados. Já está disponível em lojas especializadas o abridor elétrico Wine Inox , fabricado pela Black & Decker, movido à pilha. Basta segurar a garrafa enquanto o abridor faz o trabalho sozinho. O dispositivo vem, ainda, com um removedor de lacre, e funciona com 4 pilhas AA. O preço sugerido pelo fabricante é de R$ 99.
Fabricantes exibem as novidades que vão mudar o cotidiano dos brasileiros
Babá eletrônica wi-fi: o conceito de babá eletrônica já é conhecido, mas a novidade é que agora é possível monitorar, via web ou smartphone, os movimentos do bebê. Com sensor de som e temperatura, basta fazer um login e acompanhar a câmera de onde estiver, inclusive por acessos simultâneos. O microfone permite conversas com a criança e é possível programar alarmes e acionar canções de ninar. Já está no mercado e custa R$ 899, de acordo com a fabricante D-Link.
+ fotos sobre casa »