1. Usuário
Assine o Estadão
assine

APROVAÇÃO

O que conta são os 1.360 dias que faltam para Haddad

Prefeito paulistano tem aprovação alta nos primeiros cem dias de governo, mas, para seus antecessores, isso contou pouco

15 DE Novembro DE 2014
18 DE Outubro DE 2014
14 DE Outubro DE 2014
17 DE Setembro DE 2014
11 DE Setembro DE 2014

aprovacao
Câmara trava leis de Haddad de R$5 Bi Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto Estudante comemora no Colégio Objetivo, em São Paulo, aprovação no vestibular da Fuvest
Câmara trava leis de Haddad de R$5 Bi
Neste semestre, apenas duas leis de Haddad receberam o aval dos parlamentares
Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto
Alves afirma agora que vai trabalhar para colocar em votação a outra PEC, a que abre o voto apenas em casos de cassação, já no próximo dia 18 de setembro.
Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto
O presidente da Câmara alegou a necessidade de uma resposta imediata à atual situação de desgaste dos deputados e colocou, por esse motivo, a PEC que abre os votos em todos os casos. O texto foi apresentado em 2001 pelo então deputado Luiz Antonio Fleury e aprovado em 1.º turno em 2006. A regra é estendida a assembleias legislativas e câmaras municipais.
Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto
A escolha do voto aberto como resposta ao caso Donadon foi comandada pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). "Peço desculpas ao povo brasileiro por aquela sessão que surpreendeu negativamente o País", disse.
Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto
Líderes da Câmara, porém, se recusam a aprovar proposta paralela que abriria de imediato o voto em casos de cassação de mandato. Assim, somente após a aprovação pelos senadores da nova proposta, a mudança viraria realidade. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), já fez críticas, ontem mesmo, ao encaminhamento dado pela Câmara ao assunto.
Câmara aprova proposta que acaba com voto secreto
A Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade dos 452 presentes, a proposta que acaba com o voto secreto em todos os Legislativos do País. Agora, a proposta vai ao Senado. Apesar da aparência moralizadora, a decisão embute uma armadilha. Trata-se do caminho mais longo para que as sessões de cassação de mandato tenham voto aberto. Isso porque há um outro projeto, já de tramitação mais adiantada, que poderia ser votado o quanto antes.
Estudante comemora no Colégio Objetivo, em São Paulo, aprovação no vestibular da Fuvest
Estudante comemora no Colégio Objetivo, em São Paulo, aprovação no vestibular da Fuvest
+ fotos sobre aprovação »