1. Usuário
Assine o Estadão
assine

ANDRÉ VARGAS

Testemunhas não comparecem para defender André Vargas

Sem o poder de convocar testemunhas, o Conselho de Ética da Câmara lida com cancelamentos e ausências de depoentes no processo de perda de mandato do deputado André Vargas. Nesta quarta, a sessão foi encerrada sem nenhuma audição

28 DE Maio DE 2014
19 DE Maio DE 2014
14 DE Maio DE 2014

andre vargas
Vargas não depõe e Conselho de Ética deve votar parecer Paulo Ricardo Souza testemunha contra o deputado André Vargas Conselho de Ética pode não ouvir Vargas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem
Vargas não depõe e Conselho de Ética deve votar parecer
Deputado usou Twitter para justificar que não compareceria ao depoimento, pois relator estaria "atropelando direito de defesa"
Paulo Ricardo Souza testemunha contra o deputado André Vargas
Paulo Ricardo Souza testemunha contra o deputado André Vargas
Conselho de Ética pode não ouvir Vargas
De acordo com advogados, deputado comparecerá apenas quando as três testemunhas arroladas prestarem depoimento
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
Londrina. Vargas foi condenado a devolver R$ 10 mil a Prefeitura de Londrina (PR), valor proveniente de um esquema de desvio de dinheiro público na gestão de Antonio Belinatti (1996-2000 - foto). Youssef aparece como réu em outro processo relacionado a este fato.
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
Consultores. Em mensagens de celular, o deputado cobra Youssef pelo pagamento a "consultores". Ao falar de reuniões sobre a Labogen e o ministério, o doleiro escreve a Vargas: "Cara, estou trabalhando, fica tranquilo. Acredite em mim. Você vai ver quanto isso vai valer... Tua independência financeira e nossa também, e claro...".
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
Labogen. Youssef e Vargas trocaram mensagens sobre um contrato de fornecimento de remédios que a Labogen queria firmar com o Ministério da Saúde. O dono do laboratório, Leonardo Meirelles, confirmou à Polícia Federal que o doleiro fazia contatos com políticos. A operação deflagrada pela Polícia Federal prendeu 24 investigados em 6 Estados e no Distrito Federal por lavagem de R$ 10 bilhões.
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
Jato particular. Vargas viajou em janeiro com a família para o Nordeste em um jato do doleiro. Primeiro alegou que teria pago o combustível. Na tribuna da Câmara, mudou a versão e disse ter sido "imprudente" e ter cometido um "equívoco".
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
Doleiro. Ex-vice-presidente da Câmara, o deputado licenciado e alvo do Conselho de Ética por suas ligações com o doleiro Alberto Youssef (foto), preso na operação Lava Jato, da Polícia Federal.
Deputado licenciado do PT-PR deve ser questionado sobre ao menos 5 temas
O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara decidiu abrir processo disciplinar contra o deputado André Vargas (PT-PR), que na quarta-feira, 9, renunciou ao cargo de vice-presidente da Câmara. O colegiado vai investigar as relações dele com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal. O parlamentar deve ser questionado ao menos sobre cinco temas, veja quais.
Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem
Dentro do PT, Vargas é um dos principais defensores dos condenados no mensalão. Ele integra a mesma corrente interna dos condenados: a Construindo Um Novo Brasil (CNB), a mesma também do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem
"Parece que ele (Barbosa) está se comportando de forma sádica. Num dia, deu uma sentença negativa aos recursos do João Paulo. Esperava-se que ele já decretasse a prisão. O João Paulo veio para se entregar eventualmente, já que não teria outra alternativa. E ele não deu. Saiu de férias. E lá, das férias, criticou os ministros que não o fizeram. Em minha opinião, ele age de forma perversa ao se comportar desta forma. Deixou o João Paulo durante todo o recesso esperando o pior", disse.
Petista André Vargas sugere vontade de agredir Joaquim Barbosa em mensagem
Vargas afirma que fez o gesto como forma de mostrar solidariedade a todos eles, uma vez que considera que o julgamento foi de exceção. O deputado petista disse ainda que Barbosa age com "sadismo" e de forma perversa com João Paulo Cunha, cuja ordem de prisão não foi expedida, embora a execução de pena já tenha sido determinada.
+ fotos sobre André Vargas »