1. Usuário
Assine o Estadão
assine

AMAZÔNIA

De olho no público infantil, "Amazônia" dá voz aos animais

Com linguagem de documentário e roteiro de ficção, o filme levou três anos para ser realizado e consumiu R$ 26 milhões, o maior orçamento do cinema nacional

25 DE Junho DE 2014
14 DE Junho DE 2014

amazonia
Arena Amazônia tem capacidade para 42 mil pessoas; 3 mil viram a final do Amazonense Após Copa do Mundo, futuro da Arena da Amazônia preocupa Governo se preocupa com manutenção dos estádios da Copa A nova ocupação da Amazônia A nova ocupação da Amazônia A nova ocupação da Amazônia A nova ocupação da Amazônia Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos
Arena Amazônia tem capacidade para 42 mil pessoas; 3 mil viram a final do Amazonense
Arena Amazônia tem capacidade para 42 mil pessoas; 3 mil viram a final do Amazonense
Após Copa do Mundo, futuro da Arena da Amazônia preocupa
Há quem defenda que o estádio, que custou quase R$ 670 milhões, seja vendido
Governo se preocupa com manutenção dos estádios da Copa
Arena da Amazônia, em Manaus, é um dos estádios que pode sofrer com o alto custo de manutenção
"Amazônia"
Castanha. Quatro macacos se revezaram no papel do protagonista
"Amazônia"
Longa estreia dia 26 em 200 salas do Brasil
A nova ocupação da Amazônia
Ouro é transformado em barra numa casa de compra de metal na cidade
A nova ocupação da Amazônia
Comércio de ouro é a principal atividade da cidade
A nova ocupação da Amazônia
Dona Bibiana, de 106 anos, não quer mudar de seu "lugar bonito"
A nova ocupação da Amazônia
População, temerosa em relação à possibilidade de caos trazido por obras, rejeita construção de São Luiz do Tapajós
Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos
Nada garante que em outros casos medida semelhante seja adotada.
Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos
Além das questões ambientais, as últimas construções têm provocado sérios problemas sociais, como o inchaço populacional em cidades com infraestrutura precária.
Região é novo foco de investimentos, mas lida com possíveis impactos sociais e ambientais negativos
Para permitir o início dos estudos de São Luiz do Tapajós e Jatobá, as próximas usinas a serem leiloadas, a presidente Dilma Rousseff criou uma medida provisória e alterou os limites do Parque Nacional da Amazônia e de uma série de florestas, campos e áreas de preservação ambiental.
+ fotos sobre Amazônia »