1. Usuário
Assine o Estadão
assine

ÁFRICA´

Primeiros soldados africanos desembarcam no Mali

Eles deverão substituir gradualmente os franceses no combates aos militantes islâmicos, informa Lourival Sant Anna, de Bamako

22 DE Julho DE 2014
15 DE Julho DE 2014
14 DE Julho DE 2014
13 DE Julho DE 2014
10 DE Julho DE 2014

africa
Malala Yousafzai na Nigéria Ebola Do Coração da África Do Coração da África Após viagem, casal criou um portal sobre a história do continente africano Durban, na África do Sul Cidade do Cabo Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
Malala Yousafzai na Nigéria
Malala Yousafzai e Goodluck Jonathan, presidente da Nigéria
Ebola
Ativistas tentam conscientizar a população sobre como se prevenir do Ebola
Do Coração da África
As máscaras Guedelê
Do Coração da África
Ibejis, gêmeos na cultura ioruba
Após viagem, casal criou um portal sobre a história do continente africano
Após viagem, casal criou um portal sobre a história do continente africano
Durban, na África do Sul
Victoria Street Market, em Durban
Cidade do Cabo
Vista da Cidade do Cabo, na África do Sul
Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo (Sieesp), Benjamin Ribeiro da Silva, rebate a pesquisa e afirma que a maior parte das escolas particulares utiliza temas relacionados à cultura e história africanas. "(As escolas públicas) colocam no currículo, mas não ensinam", afirma. Silva disse que a entidade prepara um curso de formação para os professores trabalharem com o tema.
Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
Segundo a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação, Macaé Evaristo, há investimento na formação de professores, no financiamento de pesquisa e produção de conteúdo. Cerca de 140 mil professores já foram capacitados em cursos financiados pelo MEC. "Também avaliamos se os cursos já existentes apresentam a temática", diz ela, lembrando que possíveis sanções pelo descumprimento da lei cabem aos conselhos municipais e estaduais de Educacação.
Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
Cristina Teodoro Trinidad, responsável pelos projetos de educação das relações étnico-raciais da Unesco, identifica um "resultado perverso" na falta de aplicação da lei. Ela aponta que, entre os avanços, está a produção de material pedagógico e conhecimento para a aplicação de conteúdos sobre África. "É um país que ainda nega que é racista. Esse é um processo complexo e a sensibilização para que professores compreendam a necessidade de trabalhar o tema demora."
Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
A maior parte das iniciativas (51,8%) surge para responder aos casos de racismo e discriminação. O professor da USP Dennis de Oliveira, do Núcleo de Pesquisas e Estudos Interdisciplinares sobre o Negro Brasileiro (Neinb), vê o fato com preocupação. "O objetivo da lei é formar cidadãos com consciência multiétnica, não só resolver problema racial nem demanda do movimento negro." Ele ressalta que deixar de aplicar a lei é como não dar um conteúdo de Matemática ou Geografia.
Lei que obriga o ensino do tema foi sancionada há dez anos, mas implementação nas escolas é tímida
O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo (Sieesp), Benjamin Ribeiro da Silva, rebate a pesquisa e afirma que a maior parte das escolas particulares utiliza temas relacionados à cultura e história africanas. "(As escolas públicas) colocam no currículo, mas não ensinam", afirma. Silva disse que a entidade prepara um curso de formação para os professores trabalharem com o tema.
+ fotos sobre África´ »