1. Usuário
Assine o Estadão
assine

25 DE MARÇO

Carnaval 2014: vendedores da Rua 25 de março apostam em acessórios para a folia

Com a volta dos blocos do carnaval de rua, cresce a venda de máscaras e adereços. Fantasias para crianças também estão entre os mais procurados

23 DE Agosto DE 2013
24 DE Abril DE 2013
23 DE Abril DE 2013
17 DE Novembro DE 2012

25 de marco
Prefeitura quer fechar Rua 25 de Março para veículos Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
Prefeitura quer fechar Rua 25 de Março para veículos
25 de Março. Até o final do mês, a CET ainda vai instalar um trecho de ciclovia na rua
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
Segundo a vendedora Thaís da Silva Moreira, a máscara de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), é a que mais sai, mesmo sendo a mais cara por causa do óculos de plástico: R$ 10. A que menos tem interessados é a da ministra da Cultura, Marta Suplicy. "Acho que é porque não está muito bem feita", disse a vendedora Rosana Brandino, referindo-se ao acabamento do produto.
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
Outro item que voltou a ser popular neste ano são as máscaras de políticos. "No ano passado, caíram as vendas. Agora, aumentaram por causa do julgamento do Mensalão", disse Sfeir. "As pessoas escolhem as máscaras de José Genoino e do José Dirceu para usar com fantasias de presidiários", disse uma vendedora. "Temos de repô-las o tempo inteiro."
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
O técnico em informática Antonio Norberto, de 56 anos, estava em busca de colares havaianos para os integrantes do bloco Imperatriz do Tombo, que sairá no Guarujá, litoral paulista. "Só eu que levo a chicotada", brincou ele, afirmando que foi destacado como comprador do grupo. Norberto diz que todos os anos se envolve com carnaval e vê com bons olhos o aumento do número de blocos de rua. "Carnaval tem de contar com a participação de todo mundo."
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
"Por causa dos blocos, tem saído bastante espuma", disse a funcionária de uma loja na correria do atendimento aos clientes. A vendedora de outra loja lamenta que não tenha mais acessórios à venda. "Infelizmente, aqui na loja não investiram em carnaval de rua", disse.
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
"Têm saído muitos adereços para usar na rua, como chapéus, óculos, perucas", afirma Pierre Sfeir, dono de uma loja de fantasias na Ladeira Porto Geral há quase 40 anos e um dos diretores da União dos Lojistas da 25 de Março e Adjacências (Univinco). O balanço das vendas de carnaval só sairá depois do dia 28, mas a expectativa é de que aumentem 12% ante o mesmo período do ano passado.
Comerciantes apostam em aumento das vendas de acessórios com "febre" de festas nas ruas
O ressurgimento dos blocos de carnaval não afeta o trânsito apenas nos dias de desfiles, mas também no tradicional roteiro de compras da Rua 25 de Março e arredores, no centro de São Paulo. Os compradores lotam as vias em busca de acessórios para desfilar pelas ruas da cidade.
Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
Entre os dias 1.º e 15 de dezembro, as vendas financiadas ficaram praticamente estáveis, com variação positiva de apenas 0,1% ante o mesmo período do ano passado
Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
A projeção é compatível com a estimativa feita pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) que reduziu na semana passada de 4% para 3% a sua projeção de crescimento
Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
Levantamento com 146 lojistas de São Paulo, envolvendo lojas de ruas e de shoppings, indica que os empresários do setor projetam uma taxa de crescimento mais modesta, de 3,8%, neste Natal
Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
A corrida às compras de última hora se repetiu nos shopping centers durante a tarde de ontem
Consumidores tomam 25 de março na antevéspera de Natal
Entre as categorias mais procuradas estão os eletroeletrônicos, com destaque para os televisores. Na seção de alimentos, a liderança de vendas ficou com o bacalhau
+ fotos sobre 25 de março »